Combo Séries: I’m back, bitches!

Nada a ver esse título, mas pulando o óbvio (voltamos), eu gostaria de fantasiar que um dia vou iniciar o Combo Séries (DC) com um toque de otimismo, sem desculpas vazias, e sem cortar tanta coisa só porque passou muito tempo, e adivinhem: Não vai acontecer, so let’s go:

arrow-season-3-uprisingArrow:

(Mini-arco: Oliver Queen is Dead)

Deixa eu falar: adorei esses três últimos episódios sem o Arqueiro. A interação da equipe de Oliver pôde ser trabalhada e confesso que gostei muito. Roy, ganhou um destaque muito grande e nesse período foi costurada uma relação de amizade e parceria entre ele e Laurel, entre Arsenal e Canário que eu vou sentir muita falta agora que Oliver voltou. Felicity essas dias foi de queridinha dos fãs para a chata da semana.Olha quando as pessoas reclamam em massa da moça e até elogiam Laurel é porque a coisa tá feia. Diggle vestido de Arqueiro (o uniforme apertado) ah, que colírio!. E sim eu sou teamDiggleparaLanternaVerde, sempre fui, David Ramsey é um ator carismático, tem porte e merece. Malcom,  é o diabo necessário, mas sua humanização forçada demais. Eu não me convenci dessa história de que a porra toda começou quando sua mulher foi morta. E é difícil acreditar nesse papo. Sobre Sara, sua morte e as consequências: roteiristas, vamos sentar um pouco. Malcom usou Thea para matar Sara, filma e chantageia Oliver para que este assuma a culpa e enfrente o Cabeça do Demônio. O cabeça do Demônio põe todo o seu pessoal para buscar o assassino de Sara. Certo. Qual a parte que eu não entendi? Lembra que eu disse que o diabo mente? Indiretamente foi ele sim que matou a Sara, porém usar a própria filha que ele supostamente ama, e fazer um plano todo mirabolante para Oliver ser o culpado é muita viagem. Outra coisa que não me sai da cabeça é porque diabos, Ra’s al Ghul  que deixa claro que está andando e cagando para a morte da Sara (nunca foi uma de nós) e seu interesse está apenas em Malcom e por isso declara guerra com o Arqueiro, de repente aparece com uma equipe armada até os dentes pra pegar quem matou a namorada da sua filha? Hã? Não entendi mesmo…

Que fatality!

Que fatality!

Me irrita que Thea esteja estagnada. Seu personagem não cresce, várias cenas dela lutando não são sinônimo de algum desenvolvimento, são repetitivas, vazias, assim como seus diálogos com Malcom ou Oliver, onde eles sempre mentem, ela sempre acredita. Ela era mais indepedente no sentido de ter vida própria na temporada passada do que agora, onde a vida gira em torno de ser filha do Malcom. E como eu sinto falta da Verdant! Me dei conta disso faz pouquinho tempo! A boate (funcionando) era um bom ponto de encontro dos personagens. Oliver ainda está pobre? Já desisti de tentar entender como ele está se sustentando, mas a perda de tudo não tá fazendo diferença nenhuma que eu achei que faria. E dando uma pausa no meu feminismo e na minha heterossexualidade: o que foi aquele close na bunda da Laurel? O que foi aquela bunda da Laurel? Olha……eu gostei muito mais do uniforme da Laurel, ficou bonito apesar do excesso de couro. Mas no rosto, a peruca é muita chamativa, parece que está sempre caindo na cara dá uma agonia, como lutar assim? E o batom preto devo me acostumar com o tempo. Mas ela e Roy formaram uma dupla fantástica. E eu amo o Lance, o amor que ele tem pelas filhas sempre me comoveu e me dói vê-lo se iludindo que Sara está viva.

Pantera deveria aparecer mais e olha, no confronto no Glades ele foi abatido enquanto Sin só ficou com um arranhões foi ridículo. Não pela Sin, que é a diva do Glades, mas por ele. Ele é o mentor da laurel, já é estranho ser um cara bem novo, ainda ficar gravemente ferido perde a credibilidade. E Sin terá um espacinho na série? Ela era a ajudante da Sara, será que vai gostar da Laurel assumindo o manto? E como fechar a conta sem minha indignação eterna pelo Oliver ROUBANDO todos os créditos pela captura de Brick? Puta merda, hein? Por outro lado é típico do Arqueiro ser controlador, o macho do território. O retorno dos mortos foi são sem sal. Pra quem é #Je suisOlicity eu só lamento, ambos estavam certos e errados ao mesmo tempo, mas Felcity anda batendo níveis de sentimentalismo e mimimi com todos. Viram o que acontece quando resolvem botar romance aonde não deveriam?

The Flash:

Prison Break Brothers turned Supervillain humor meme

Eu já pensei em tantas teorias sobre Wells, li tantas e cada episódio desfaz tudooooo! Vou deixar quieto porque sim. E ainda que eu não goste do Wells, ele é elemento chave da série e sabe deixar a gente pirando com seus mistérios. Capitão Frio e Onda Térmica, de Prision Break para The flash, nada mal. Episódio bom é aquele que tem Capitão Frio no meio. Poderiam dar uma continuidade nas aparições do vilão, não diretamente lutando contra o Flash, mas se articulando em seus esconderijos. É um personagem que tem potencial, mas reduzi-lo ao caso da semana é desanimador. Cap.Frio tem regras de conduta, valores e ambições que não são bem exploradas quando seu único objetivo no episódio é duelar com o Flash e depois vazar. E eu ainda quero saber se o Bumerangueman vai dar as caras em The Flash, afinal para um vilão fugir não precisamos da melhor das desculpas. E foi MUITA covardia o episódio terminar sem pelo menos termos um vislumbre do belo rosto de Peyton List, que será a irmãzinha patinadora do Capitão Frio.

Reclamei sobre o Flautista aqui, mas esticando um pouco, foi uma jogada fraca e vazia terem mudado de forma tão brusca as origens do vilão. De rebelde sem causa, Hartley virou um rejeitado com motivos e resolveu virar do mal. Pior ainda, ele não é o Flautista, preciso mesmo dizer o porquê? (cadê a flauta, ecos discretos), porra assim não, né? O treco das luvas ficou bacana, só que não para o Flautista e senti muita falta do capuz verde (será que é para não associaram com o Arqueiro?). Eu queria muito que ele passasse um tempinho na Galeria dos Vilões levando uns sermões do Capitão Frio, vai rolar? Do episódio The Sound and Fury, eu fiquei besta em ver uma versão mais feliz da Caitlin, que amor de pessoa! E depois ela, bêbada melhor ainda! Que momento foi aquele??? Claro que já tem gente shippando Barry e Caitlin, fazendo montagem tosca por aí (desculpa, pessoas, mas a tia ak tá velha pra isso), é lindo no começo, só não se esqueçam em que pé Olicity está. Só aviso. Outra coisa é que amizade entre homem e mulher é um tema mais bonito, maduro e interessante. Algumas coisas só ficam boas na imaginação ou em fanfics, quando o roteiro se mete a realizá-las o risco de estrago é grande. E Barry ajudando Caitlin a trocar de roupa e dizendo que se espiasse não seria um herói, ganhou uma jujuba. Caitilin dizendo que poderia olhar um tiquinho, porque ele merecia por tudo o de bom que ele fazia hahaha. Um saco de jujubas. Caitlin bêbada é muito fofa e com a personagem mais solta e menos mandona, eu posso perceber o quanto ela é bonita. E quando assunto é amizade não há nada que supere Joe e Barry. É só vômitos de arco-íris quando os vejo juntos. Porquê é tão difícil criar uma mocinha carismática e parceira para os heróis, mas no quesito brodagem é tão fácil, tão natural? Joe e Lance, meus papais favoritos do momento, mas Joe tem mais carisma e o ator mais competência.

the_flash_ep_12__span

The Flash é uma série gostosa de se acompanhar, é bem pipoca mesmo e por isso a gente meio que deixa passar alguns furos ak e acolá. O que não dá para ignorar é que uma série sobre heróis tem que ter boas cenas de luta, ainda mais se forem super heróis vs meta-humanos. Todas as cenas de luta são meio hum, fraquinhas demais. Primeiro, porque não basta o uniforme ser feio, ele é obviamente desconfortável e não dá a impressão de mobilidade (ou dinamismo o que é obrigatório para a roupa de um velocista) que o herói precisa. Segundo, não estão sabendo equilibrar de forma convincente, os super poderes de Barry contra seus adversários. Flash poderia acabar com um Capitão Frio em segundos. Mesmo os meta humanos, ele pode não ser mais forte, mas é mais rápido, nenhum vilão poderia prever seus movimentos. O tempo todo parece que o Flash está esperando seus adversários atacarem primeiro para depois só correr. Outro furo que oficialmente me incomoda: quando Barry corre tudo ao seu redor voa,cai. Mas reparem que nem sempre. Quando ele está com Íris ou com Linda Park, ele sempre sai de perto delas e nada sai do lugar. As coisas só voam quando é conveniente. Fiquei feliz em ver que o Barry tenha arrumado alguém, e óóóbviooooo que Íris fica meio enciumada. Só acho que o garoto precisa de um pouco de atitude, tipo quando ele vai tirar satisfações com Íris por ela se meter em seu namoro e eu esperando que ele desse uma sambada nela, mas ele só desabafou tudo do seu jeito passivo. Sofrer quieto isso ele já faz muito, tá na hora de dar um grito, tomar decisões sozinho, enfim, se soltar mais e Grant tem talento para isso, mas o papel de pobre menino tímido não deixa. Reassistam o episódio de Arrow onde Barry aparece pela primeira vez e comparem com o Barry de hoje. Na época, Grant ainda não estava tão bem ajustado no personagem como hoje, lógico, mas a proposta seria a de um personagem com tons cômicos, atrapalhado, não por ser um nerd tímido, mas por ser excêntrico. Ainda assim, nada que tire os méritos da série de forma geral, eu me considero já cativada.

Gotham:

gotham-ep111_scn15_18060_hires2 (1)

Eu não assistia Gotham desde dezembro, o ano começou, os episódios foram saindo, as semanas passando e acumulei um monte para assistir. Eu pensei em botar Agent Carter no Combo enquanto atualizava Gotham, mas a verdade é que :1- O Combo sempre foi 100% DC, 2- Agent Carter merece um post só para si, 3- Significaria que eu teria que fazer um post só para Gotham, e bem, gosto da série, mas ai já acho muito XD.  O  jeito foi cortar muitas coisas. Então…o primeiro episódio de 2015 de Gotham foi de um vazio ridículo. Deu pra sentir a vibe: “ai, gente que preguiça de escrever um episódio decente, vamos enrolar e fazer qualquer coisa” no ar. A única coisa de interessante (e que coisa maravilhosa) foi a presença de Morena Baccarin que sem dúvidas jogou um sal e pimenta na série e na vida de Gordon. O comissário que rapidamente recuperou seu emprego, está mais decidido que nunca e já era hora. Eu estou gostando dessa fase mais sangue nos olhos dele, um pouco impulsivo, porém o personagem tem que crescer. Bullock se reencontrando com ele foi muito engraçado e fofo, meio que gosto do Bullock.

Penguin coitado, apanha em quase todos os episódios, embora um dos motivos seja a sua imprudente ambição. Já é perigoso demais ser um agente duplo, junte isso ao desejo de construir seu próprio poder e pronto, a armadilha está feita. Aparentemente Ed começará a dar seus primeiros passos como vilão e me desagrada e muito perceber que será por causa de mulher. Ah, sim, uma desilusão amorosa vai empurrar o estranho e rejeitado Ed para o mundo dos vilões. Porra. E Liza foi morta por Falcone, homem que a amava, tal qual Shae pelo Tyrion, e ambos pedem desculpas, afinal a culpa seria mais das circunstâncias e das mentiras contadas por essas mulheres do que por eles. Interessante que Fish e Bunch (que armaram tudo) ficaram vivinhos. Mas é aquela tal coisa, o amor é um sentimento tão forte… que mata.

ff

Agora, pausa para o momento representatividade: eu já reparei desde o piloto que atores negros em Gotham sempre vão aparecer para serem espancados, mortos ou os dois. Isso tem me incomodado bastante, não bastasse a série ter quase zero de personagens negras com nomes, para quem acha esse detalhes nada a ver, ótimo, mas para mim incomoda e muito. E pincelando mais um pouco Ivy, a futura Hera Venenosa, é uma fofura, até provoca Barbara pelo telefone, a pestinha. Não há nada de novo na relação Bruce-Selina, só queria registrar que para uma garota de rua, a menina está sempre limpinha e arrumada. E como entender Montoya? A chata está desde o início da série tentando separar Barbara e Jim, consegue e depois bota a amante pra fora sem mais nem menos, hã? Fish Mooney finalmente põe seu plano em ação: apenas mandar Falcone ir emborazzzzzz. Eu esperava algo mais grandioso, assim como pensava que Fish tivesse mais recursos para atacar e se defender, afinal se ela quer assumir os negócios algum poder ela tinha que ter. Grande engano! É somente ela e Bunch, que se manteve leal até o fim. Se Fish não tem tanta força para mobilizar outros poderosos para segui-la como pretenderia assumir o controle do sub-mundo? Acho que Fish deverá caminhar apenas para a vingança contra Penguin, o poder já virou uma mera ilusão.

E quero terminar o texto dizendo que mais um reboot do Aranha, já chega, né? Porque não pegarem a Spider-Woman? E diferente do resto do mundo eu não gosto da atuação do Andrew Garfield, o problema não está na personalidade mais solta do herói (queria isso para o Barry), e sim nas várias caretas que o ator faz durante o filme. É sofrível. Gosto de Logan, mas nhé? Não. Dylan parece bem apropriado, só sei que a Guerra Civil está ás portas, a presença do Homem-Aranha é OBRIGATÓRIA, e estou sofrendo por antecipação, afinal de um lado tá o Homem de Ferro (que eu nem gosto muiiiiiiiiiito) e de outro meu amado Capitão América. Leiam a Guerra Civil e cês entenderão meu sofrimento. Ai, eu queria pincelar muitas coisas: Demolidor, a série que mais aguardo esse ano, o meu xodó pela nova Thor, algumas dúvidas sobre Vingadores e Ultron, a decepcionante nova Supergirl (vou rezar para queimar minha língua), o time exclusivamente feminino de Vingadores, mas nesse combo não dá. De certeza só que minhas impressões sobre Agent Carter já estão quase preparadas, série que tenho muito carinho, Hayley Atwell ganhou meu coração, mas algumas coisas que estão vendendo por aí sobre a série estão equivocadas.(spoilers: aquilo não é feminismo). Assim, encerro os trabalhos por hoje, byes!

Coisa fofa que pesquei na net!

Coisa fofa que pesquei na net!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s