Assassination Classroom: Hora de conhecer um dos mangás mais divertidos da atualidade!

snapshot20150523161714

Sabe aquele mangá que você nunca leu, mas sempre gostou? Sabe? Pois bem, este era o caso de Assassination Classroom (Ansatsu Kyoushitsu) desde o momento em que ouvi falar dele e ficava enrolando para começar a ler. Eu sabia que era coisa boa por causa do criador, Yuusei Matsuei, o mesmo gênio do meu adorado Majin Tantei Nougami Neuro. Porra, eu amo demais Neuro! E de longe senti a mesma vibe louca quando bati os olhos em AC e este não me decepcionou. Uma comédia obscura, doida e com muito amor no coração essa série vale muito a pena ser lida. Assassination sai na poderosa Shonen Jump  desde 2012 e atualmente conta com 14 volumes. Foi o primeiro lugar na categoria melhor mangá masculino do Kono Manga ga Sugoi  2014 (algo como: este mangá é legal) um guia promovido pela editora Takarajimasha. Elogios é o que não faltam ao mangá.

Estamos na Classe 3-E do colégio Kunugigaoka. É mais um dia de aula normal onde o objetivo dos alunos é simplesmente tentar assassinar seu professor. O sensei é um bicho esquisito, parecido com um polvo amarelo, tem milhares de tentáculos e se movimenta a uma velocidade Mach 20. A recompensa para quem matá-lo está na casa dos 10 bilhões ienes. Mesmo sendo treinados para serem assassinos, os alunos ainda têm que conciliar tudo isso com seus estudos. E segue a vida com o próprio professor ensinando os alunos a tentarem matar ele. Mais deliciosamente nonsense do que isso impossível!

AnsatsuKyoushitsu_10

Mas como assim? Explica essa porra direito!

Ok, ok, ou não…

O bicho esquisito (nascido e criado na terra, segundo o próprio) que leciona para a Classe 3-E é apelidado pelos alunos de Koro-sensei, um trocadilho com ‘Korosenai‘ que significa ‚“difícil de matar“. Koro-sensei é uma misteriosa criatura que tem como objetivo destruir a terra. Não é muito original, ok, mas o polvo não está para brincadeira, ele já mostrou parte do seu poder destruindo a lua, e as autoridades sem saber o que fazer decidem negociar com o monstro. Ele pede, especificamente, para ser professor da mal vista Classe 3-E e avisa que dentro de um ano irá destruir tudo. Sem muitas opções, as autoridades aceitam, com o acordo de que ele jamais poderá machucar seus alunos. Paralelo a isso, logo no primeiro capítulo do mangá, vemos uma lembrança embaçada do passado de Koro-sensei, com uma mulher (uma cientista?), aparentemente prestes a morrer (em um laboratório destruído?). Ela que dá a ele a sugestão de lecionar para as crianças.

Kunugigaoka é uma escola de elite, que pressiona bastante seus alunos a terem notas perfeitas. O diretor Asano, tem um método no mínimo maldoso para estimular seus alunos: os estudantes que pegam as notas mais baixas que os outros são jogados na Classe 3-E, também conhecida como End Class, que fica em um lugar isolado, mal estruturado, e os alunos de lá sofrem com a segregação imposta. Assim, você não luta somente para ser o melhor, você luta para não ser um pária da Classe 3-E, a turma é fundamental para que todos saibam que o mundo está dividido entre os vencedores e perdedores, a começar pelo ambiente escolar, segundo a gestão de Asano . E assim como um aluno por ser colocado na classe como castigo, ele tem a oportunidade de sair se superar suas notas, assim de ascender socialmente na escola. Como sempre têm os piores recursos e são humilhados constantemente, os alunos da Classe 3-E têm a auto-estima baixa e sem motivação para melhorarem seu desempenho. Para Asano isso é perfeito, afinal, a turma é uma mal necessário para manter a ordem das coisas. Isso até Koro-sensei aparecer.

AnsatsuKyoushitsu_46

Koro-sensei é o carisma em forma de polvo, divertido, sarcástico mas com um coração enorme para ajudar seus alunos. Ele não é sádico como o Neuro, muito pelo contrário, é sensível até, se atrapalha ás vezes e tem momentos de fofura extrema. O que parece contraditório com sua fama de monstro cruel e perigoso. É o típico personagem que é carismático por si só, ainda mais por causa de sua aparência que destoa dos outros personagens, como o Punpun. Seu lado tarado por peitões e revistas masculinas é meio clichê, mas traz momentos hilários para que lê e constrangedores para o coitado. E sim, sua esquisita risada (nurufufufu) já é marca registrada.

A ideia de treinar seus alunos para serem assassinos que planejam a morte do próprio não o incomoda, pelo contrário, ele se orgulha de cada avanço que eles demonstram. Mas Koro-sensei vai além em seus objetivos: ele quer ser o melhor professor para seus alunos, ser adorado pela turma, que eles tenham as melhores notas, vençam na vida. Sabe-se lá como, mas ele é muito competente enquanto professor e sempre tem palavras animadoras para empurrar seus alunos para frente, e vez ou outra dá umas suaves patadas, especialmente em Karma. Em pouco tempo, o desempenho do alunos da classe 3-E avança muito rapidamente, o que irrita bastante o diretor que acredita que a escola precise de uma turma de fracassados, senão os outros estudantes perderiam suas ambições, caso todos fossem tratados iguais. E podem tentar matar, enganar, zoar com Koro-sensei, agora jamais tentem ferir um de seus alunos! De adorável criatura, ele vira o tão temido monstro. Porém, é o próprio apego que ele tem por seus alunos que torna-se sua maior fraqueza. Aliás, o mangá vai listando as fraquezas de Koro-sensei para referências futuras.

snapshot20150527132645

Assassination Classroom tem muitos personagens, entre alunos da classe 3-E, outros assassinos profissionais e variantes, além de outros alunos fora da Classe 3-E. Nagisa Shiota meio que divide o protagonismo com Koro-sensei, e sim, eu demorei para perceber que ele era um menino, a aparência e o nome me enganaram (os próprios personagens também tem dúvidas se Nagisa realmente é um garoto, tadinho!). Nagisa é aquele aluno calminho, mas bastante observador, que vai anotando tudo o que puder sobre o Professor-inimigo. Não se enganem pela sua aparência, ele tem dentro de si, um lado frio, calculista e assassino, que vai amadurecendo conforme o andamento do mangá, sem deixar de ser o bom menino quieto. Karma Akabane é o valentão oficial do colégio, grosseiro, perigoso e é uma das primeiras apostas para matar Koro-sensei, ele organiza uma sucessão de maldades contra o polvo, mas rapidinho Koro o coloca no seu lugar, embora ele continue levando a vida como garoto violento e encrenqueiro.

Tadaomi Karasuma faz parte do ministério da Defesa e vigia de perto os muitos passos do monstrão amarelo. Para isso ele também trabalha como professor da Classe 3-E, é bem sério e reservado. Irina Jelavić é o elemento “ecchi” da história e mesmo gostando de Irina não posso fechar os olhos para a construção dela: Irina é uma assassina profissional que usa o corpo como arma para seduzir seus alvos, e seus alunos lhe apelidam de bitch-sensei (trocadilho com a pronúncia “Jelavich“). Ela é constantemente ridicularizada por seu status de vadia profissional, e a própria faz jus a fama, além de ser sonsa, fútil e sem noção. Mas ok, tirando o óbvio slut-shaming como trope, ela é uma personagem cativante (talvez mais por não ser levada a sério, admito) e sim, ela e Karasuma fariam um casal interessante. Ah, ela também se infiltra no colégio, como professora de inglês.

Nagisa ficou uma gracinha no anime <3

Nagisa ficou uma gracinha no anime ❤

Particularmente eu não gosto de mangás de ação onde temos uma batalha por capítulo (e torneios intermináveis). O padrão é sempre o mesmo: eu amo o começo, só que quando a coisa chega num nível de entra uma luta e já tem outra na fila, eu largo. Mas Assassination apesar de ter seus momentos de confronto, não foca apenas nisso e as cenas conseguem me empolgar, ainda que nada mirabolantes. E quando menos esperamos, o sensei é enganado ou engana todo mundo. Nagisa é outro que fica bastante interessante nos momentos de ação. As missões da turma vão desde as tentativas de matar Koro, resgatar seus amigos sequestrados ou mesmo tentar juntar Karasuma com Irina. Matsuei-sensei é bem criativo, e consegue claro, transmitir a mensagem ao seu público-alvo: a valorização do trabalho em equipe, e também, tendo o Japão um sistema educacional tão rígido, acredito que muitos estudantes se identificam com a situação dos alunos da Classe 3-E, o sentimento de fracasso, desânimo e se sentem acolhidos com as palavras de Koro-sensei. O mangá é uma pílula motivacional poderosa e divertida, meio obscura.

Assassination Classroom é um sucesso absoluto de vendas, tem um filme que eu estou doida para assistir, um anime em andamento e já tem a segunda temporada garantida. Como fã, eu recomendo pegar o mangá e não o anime (o qual vi uns cinco episódios, se muito), as piadas no anime não tiveram o mesmo impacto, acho que se tivesse assistido o anime, ficaria com preguiça de continuar. Embora Nagisa esteja um deleite de fofura! Assassination sai aqui no Brasil pela Panini, é um título maravilhoso e que vale muito a pena. Eu lembro que meu sonho era ver Neuro sendo lançado aqui, quando Ansatsu ainda estava engatinhando, e lamentava não ver Matsui-sensei por essas bandas. Parece que foi ontem que ouvi falar do novo mangá dele, e de repente se tornou um sucesso gigantesco. Tenho muito orgulho de Matsui-sensei (que é bem novinho gente, 36 anos!) ainda mais porque ele carinhosamente homenageia Neuro logo no comecinho de Assassination Classroom. Então,  vai lá, dê uma chance ao ‘polvo’. O caminho não tem volta, mas vale cada momento.

Koro-sensei famoso no mundo todo

Koro-sensei famoso no mundo todo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s