Mulheres em Arrow : onde falta agência, sobra sororidade.

Sim, o texto está uma bagunça, ele parece contraditório, e sim, deveriam ser dois posts separados, só que eu quero desse jeito e pronto. #Maturidade

laurel-and-nyssa-arrow-s3e4

Eu queria ter deixado este post só para o final da temporada, que está próximo, mas não consegui me conter, precisava muito colocar em linhas algumas rápidas observações sobre Arrow feat.Mulheres. Uma coisa que eu percebo é que os produtores confiam na força das mulheres da série, ao mesmo tempo em que as subestimam. Tipo, eu sei que elas são assertivas, inteligentes, mas deixa que os machinhos resolvam as coisas, e de preferência vamos colocar elas para serem salvas. Continuar lendo

Anúncios

Mad Men: esposas, donas de casa, mães e filhas…

Joan_in_Mystery_date

Dando continuidade aos posts sobre Mad Men, hoje, quero dedicar algumas linhas sobre algumas relações femininas na série. Mad Men tem muitas personagens femininas e elas interagem bastante entre si, tanto no mundo do trabalho quanto no ambiente doméstico. Sempre quando pensamos em décadas de 50, 60 a imagem que temos das mulheres é aquela da dona de casa (branca e loira) sorridente com belos filhos. Ou então, da dona de casa (branca e loira), insatisfeita e presa ao lar com seus belos filhos. Na série, o ambiente doméstico é mostrado de forma mais competente, embora Mad Men não seja panfletária, está longe de passar a imagem de que as mulheres eram todinhas felizes com a rotina de donas de casa. Continuar lendo

Mad Men: chegando a hora da despedida

mad-men1

Este texto dá início a vários posts sobre uma série  muito querida que se despede este ano. Mad Men retorna no dia 5 de abril para dar prosseguimento ao seu final, e antes mesmo do definitivo fim a série já entrou no hall de melhores séries que já existiram. Premiadíssima com muita justiça, mesmo que tenha um público restrito e quem não assiste provavelmente nunca gostou de ver essa série levando todos os Emmys a nível de sempre, Mad Men sempre mereceu  o prestígio que tem. E não se ofenda, mas não é uma série para todos. Com um ritmo lento, denso e recheada de sutilezas pode afastar quem procura algo mais óbvio, explicadinho, rápido ou mesmo novelesco. Continuar lendo

Frozen em OUAT: apenas babando por Elsa e Anna

elssa

Frozen é animação da Disney que eu amei antes mesmo de assistir, sim isso é possível. E olha que estou numa fase chatíssima de puro asco com animações, sei lá porque mas nenhuma me interessa e as que tento assistir não consigo gostar. O filme é inspirado no conto da Rainha das Neves, INSPIRADO, ou seja, não é mesmo a história sobre a Rainha, mas isso a gente já sabe (então parem de mimimi “deturparam tudo” GRRRRR!!! ). Quando vi os cartazes e o trailer eu sabia que a gostar e fiquei surpresa com isso. O filme porém superou todas as minhas expectativas e meu coraçãozinho sempre aperta quando lembro de “Do you want to build a snowman?” Continuar lendo